22/09/2011

Os primeiros passos...Para uma consciência ecológica nas famílias....


Desde o início do Projeto, as famílias dos bebês do Berçário I, estão participando com arrecadação dos materiais recicláveis. No entanto, é chegada a hora de pais e mães “colocarem as mãos na massa” e construírem brinquedos para seus filhos.

Na noite do dia 11 de agosto os pais foram convidados para uma reunião de entrega de Portfólios, até aí tudo bem, pois estavam ansiosos para saberem do desenvolvimento de seus pequeninos no primeiro semestre de 2011. O que eles não sabiam era que esta não era uma reunião como as outras e algumas surpresas os aguardavam.

A reunião começou com a apresentação do Projeto: Primeiros Passos e do Portfólio Virtual da Companhia Águas de Joinville, para os pais que ainda não tinham acessado o Blog. Os pais foram informados sobre a  importância da Reutilização e Reciclagem do lixo e muitos ficaram surpresos quando ouviram que uma fralda descartável, por exemplo, pode levar até 600 anos para se decompor. Em seguida os pais foram convidados a apreciarem uma história: O Homem que amava caixas de Stephen Michael King. Todos prestaram atenção e elogiaram a escolha da história, e neste momento as professoras lançaram o primeiro desafio da noite, onde os pais e mães presentes teriam que construir, para seus filhos ou filhas, um brinquedo com sucata. A princípio todos pensaram que teriam que construir o brinquedo em casa, mas as professoras complementaram: “Vocês tem alguns minutos para observar as sucatas que estão disponíveis na sala dos berços, pensar em um brinquedo e construí-lo com os materiais e acessórios que ali estão disponíveis”. Além das sucatas, foram disponibilizados: cola, tesouras, estiletes, papéis lustrosos, barbante, conchas, pedrinhas de praia, brita, arames, canetinhas, alfinetes, fita crepe, fita durex e aparelho de cola quente.

Euforia geral, susto, medo de não conseguir fazer e um tanto de outras emoções. Uns não sabiam por onde começar, e falas como: “Se vocês pedissem para fazer qualquer outra coisa, mas um brinquedo?”; “Eu trabalho com números, como vou fazer um brinquedo?”; “Se fosse brinquedo de menina, seria mais fácil!”. E entre estas e outras falas, os pais começaram a se movimentar e cada um foi se encaminhando para o que mais lhes chamara a atenção para a construção do brinquedo. A princípio percebeu-se que eles se encaminhavam para a construção de um brinquedo mais fácil como: chocalhos utilizando potes de iogurte. Mas a medida que um e outro pai ou mãe construíam brinquedos mais elaborados, todos partiram para esta direção e aos poucos foram surgindo: pequenas casas, potes surpresa, robôs, palhaços, móbiles, chocalhos, trens e carros. E o que parecia impossível, no começo, tornou-se um momento único e mágico, onde pais e mães descontraídos e dedicados construíram lindos brinquedos para seus filhos e filhas. Ao final da atividade, o que demorou mais ou menos 40 minutos, todos estavam felizes por terem superado o desafio posto pelas professoras. Mas antes de irem embora receberam mais duas tarefas: dar um nome para seu brinquedo e fazer um relato por escrito sobre a experiência.



Eis alguns dos relatos:


ROSANGELA (MÃE DO DIEGO)
NOME DO BRINQUEDO: PATATÁ O PALHACINHO






“Quanto a confecção do brinquedo eu amei, porque eu tinha feito uma boneca para minha primeira filha, só que levei uma semana na época. Mas também achei muito interessante porque foi em menos de meia hora e trabalhou com nossa imaginação. Não estou acostumada e nem tenho muita imaginação para isso, mas valeu muito a pena, tanto que até vou começar a brincar com ele em casa e envolver toda a família”.
Rosangela Silveira


MARIA ONIVA (MÃE DO PEDRO)
NOME DO BRINQUEDO: STOR TOR






“Foi muito bom participar, pois muitas vezes não podemos imaginar que de um litro vazio pode virar um brinquedo ou qualquer outro artesanato”.

Maria Oniva




IVANIA (MÃE DA AMANDA)
BRINQUEDO: TELEFONE LOLÔ





“Foi prazeroso confeccionar um brinquedo para nossa própria filha. Porém veio a preocupação: o que fazer? Como ela gosta muito de telefone, resolvemos fazer o telefone. Também sentimos dificuldades, pois a maioria dos brinquedos que pensávamos em fazer, precisaríamos usar algum material que fosse reciclável e de uso dela. Esperamos ter acertado”.

Ivania e Jorge.




FERNANDA (MÃE DO THEO)
BRINQUEDO: XIC LIC







“Durante a oficina eu me senti bem ao reutilizar lixo reciclável, reorganizando-o, recriando a sua função, além de presentear o meu filho e deixa-lo alegre”.

Fernanda



ARLAN (PAI DA HELENA)
BRINQUEDO: CHICA






“Deve acontecer mais oficinas para nós pais ficarmos mais próximos dos nossos filhos e também fiquei muito feliz por ter tentado fazer um brinquedo em tão pouco tempo para minha filha”.

Arlan





MAYSA (MÃE DA LOUISE)
BRINQUEDO: CACO





“Foi maravilhoso é bom saber que com um pouquinho mais de dedicação podemos fazer brinquedos interessantes que com certeza deixarão nossos pequenos radiantes. Além disso, é uma prática educativa que possibilita desenvolver a consciência ambiental de toda a família”.

Maysa



KARINA (MÃE DA ANANDA)
BRINQUEDO: LAR SAPO LAR


“A oficina e a iniciativa das professoras foram incríveis e nos pegou de surpresa. Foi ótimo ter a oportunidade de participar de um projeto como esse, tirar uns minutinhos e se dedicar ao filho. Tenho certeza que cada pai e mãe presente fez um brinquedo lembrando daquilo que seu filho mais gosta e naquele momento as crianças fomos nós mesmos, cada um tirou o melhor de si em tão pouco tempo e o melhor de tudo foi lembrar que ainda existe uma criança dentro de nós. Obrigada a todas as professoras e colaboradores pela oportunidade de fazer parte desse projeto e nos fazer crianças novamente, com isso demonstramos o melhor presente para os nossos filhos: o AMOR encontrando em cada gesto e em cada pedaço de papel colado”.
Karina.


VALDOMIRO (PAI DO VITOR)
BRINQUEDO TUM-TUM






“Muito legal a iniciativa da oficina faz fortalecer os vínculos paternos e nos incentiva a interagir cada vez mais para saber do que gostam e como podemos usar isso no desenvolvimento”.

Valdomiro.



Momentos da Oficina de Brinquedos com os pais...





Foi muito gratificante a participação dos pais nesta oficina e com certeza eles trouxeram um brilho especial para o projeto.


Obrigada a todos os pais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário