23/10/2012

Borboletas

Uma das professoras fantasiou-se de “borboleta” e entrou na sala ao som da música “A Borboleta e a Lagarta”, lançando flores sobre as crianças, após recitou o poema “As Borboletas” de Vinícius de Moraes, brincou com as crianças e cantou a música “Borboletinha”. Logo após apresentou às crianças a imagem “Borboletas” de Si Gonçalves, as crianças apreciaram a presença da Borboleta, dançaram, brincaram, apreciaram as flores. Ao pedido da “borboleta”,  ajudaram a recolher as flores e puseram dentro do cesto. 
 Foi contada a história “A primavera e a lagarta”, da Ruth Rocha, na casinha de fantoches. Ouviram com atenção e depois puderam explorar os fantoches, brincando com eles e movimentando-os ao som da música “A Borboleta e a Lagarta”.

Disponibilizando moldes, tinta e pincel de borboletas às crianças, e com a orientação das professoras pintaram um lado do molde. Depois as professoras carimbaram o outro lado da borboleta com a pintura que as crianças realizaram, deixando-os perceber a simetria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário